quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

Plagius - Interpretando os Resultados das Análises [Atualizado]


[Atualização 10/02/2017]
Se você está utilizando o Plagius 2.4 ou superior, uma versão atualizada deste post, com mais detalhes e mais explicativa, está disponível em:
http://www.plagius.com/wiki/pt-br:interpretinganalysis



O Plagius funciona como uma útil ferramenta para auxiliar na detecção de plágio em documentos de texto, sugerindo possíveis suspeitas de cópia.

Por enquanto, um sistema automatizado, como o Plagius, ainda não é capaz de afirmar plágio diretamente, somente uma verificação manual pode confirmar a real ocorrência de plágio.

A seguir serão abordadas algumas dicas de como utilizar o Plagius interpretando os resultados da melhor maneira possível.



Como interpretar o resultado das análises


Apesar do Plagius trazer diversas informações no resultado da análise, a melhor abordagem ainda  é a revisão manual do texto analisado: onde tiverem muitas frases destacadas (independente de cor) próximas umas das outras significa que há grande chance deste trecho ter sido copiado.
Exemplo: trecho com grande probabilidade de ser plágio
Da mesma forma, frases destacadas isoladamente no texto apresentam pouca chance de se tratar de plágio.

Nessa avaliação obviamente o usuário precisa desconsiderar as citações.

Quando há uma suspeita, o trecho destacado deve ser comparado manualmente com as fontes localizadas para a correta afirmação de plágio.



O Percentual do resultado

O percentual representa apenas um indicador estatístico. Informa o percentual das frases do documento que foram localizadas em algum site da Internet. Não pode ser considerado como forma de identificação de plágio pois nem sempre uma frase que já existe na Internet representa plágio. Um exemplo comum são as citações: quanto maior o número de citações maior será o percentual de suspeita de plágio, independente se as citações estiverem devidamente referenciadas, portanto o percentual de suspeitas irá destoar da realidade.

Variação entre análises diferentes para o mesmo documento

A cada análise de um documento, o resultado sempre irá variar, pois as frases pesquisadas são construídas aleatoriamente e os motores de busca também são escolhidos aleatoriamente. A diferença entre os resultados não compromete o resultado da análise.

Quando efetivamente existe Plágio?

Não baseando-se em qualquer estudo e sim na própria experiência, para qualquer alegação de Plágio é necessário provar. Geralmente isso é feito demonstrando o texto original e onde este texto foi inserido no trabalho/documento em análise, sem as devidas referências.

Cores do resultado da análise

No resultado da análise, o texto gerado é exibido em várias cores, que podem variar entre preto e todos tons entre azul e vermelho.Em resumo, quanto mais próximo da cor vermelha maior a quantidade de ocorrências encontraras na Internet para aquele trecho. No resultado da análise também há um botão "Legenda" que ajuda a lembrar o significado das cores. Veja a Figura abaixo:

Legenda das cores no resultado da análise

Outras abordagens

Na segunda aba do resultado da análise, "Endereços mais frequentes", o Plagius lista os endereços encontrados ordenados pela frequência com que foram obtidos. Estes endereços são fortes candidatos a uma revisão manual, principalmente quando o percentual de semelhança é significativo.

Para auxiliar nesta comparação individual, o Plagius possui um recurso que ajuda nesta tarefa: clique com o botão direito em algum item da lista e escolha a opção "Comparar". Esse recurso é melhor explicado neste post.